Postagens

Como fazer o Download do Programa IRPF 2018

Imagem
O download do Programa IRPF 2018 é o meio por onde você preenche e entrega sua declaração de imposto de renda.
Atualmente existem aplicativos para celular (para os sistemas operacionais Ios e Android) e computadores. Para computadores é disponibilizado versões para o sistema operacional Windows, Linux, Mac e Solaris. Desde o ano passado só é necessário um programa, antes existiam um programa para preenchimento e outro para transmissão, ReceitaNet. Hoje os dois programas são integrados. Mudanças no Programa IRPF 2018 O programa IRPF 2018, a exemplo do que ocorreu ano passado, terá atualização automática, assim, se houver alguma mudança durante o período de entrega, não haverá necessidade baixar o programa novamente. Mas é preciso ter cuidado, isso não significa que você pode usar o programa de 2017, é necessário fazer o download do Programa IRPF 2018 para entregar a declaração. Além da atualização automática, outra mudança para este ano é em relação às fichas de rendimentos isentos e …

Como será feito o pagamento da Restituição IR 2018

Imagem
Qual é o prazo para pleitear a Restituição IR 2018 sobre a renda pago indevidamente? O prazo para que o contribuinte possa pleitear a restituição do imposto pago indevidamente ou em
valor maior que o devido, inclusive na hipótese de o pagamento ter sido efetuado com base em lei posteriormente declarada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal em ação declaratória ou em recurso extraordinário, extingue-se após o transcurso do prazo de 5 anos, contados da data da extinção do crédito tributário, tratando-se de rendimentos sujeitos à tributação exclusiva na fonte, não tributáveis ou isentos. Em se tratando de rendimentos recebidos ao longo do ano-calendário sujeitos ao ajuste anual, e tendo havido antecipação do pagamento do imposto mediante retenção pela fonte pagadora, o termo inicial da contagem de prazo de 5 anos é o dia 31 de dezembro do ano-calendário correspondente. Esse mesmo prazo aplica-se também à restituição do imposto sobre a renda na fonte incidente sobre os rendiment…

Você está com dor? Isso pode ser causado por problemas de dinheiro

Imagem
6 maneiras de abordar questões financeiras em sua vida e reduzir o estresse Se você está tendo problemas de dinheiro, é bem possível que eles estejam causando dor física. De acordo com estudos de pesquisa, as pessoas que sentem que suas perspectivas financeiras são instáveis ​​podem realmente experimentar mais dor física do que aqueles que são financeiramente seguros. Pesquisas na revista Psychological Science descobriram que o vínculo entre dor física e finanças pode ser impulsionado pela falta de controle financeiro sobre sua vida. Pode prejudicar fisicamente para ser economicamente insegura. Seis estudos de pesquisadores da Universidade da Virgínia e da Universidade de Columbia descobriram que os problemas financeiros produzem dor física, reduzem a tolerância à dor e podem prever o consumo de dor por dorminhoco (OTC). Ao analisar dados em 33 mil pessoas, eles descobriram que as famílias em que ambos os adultos estavam desempregados gastaram 20% mais em analgésicos sem receita em 2…

O que os aposentados devem fazer na sequência da violação de dados Equifax

Imagem
Milhões de pessoas, aproximadamente 143 milhões de americanos, foram afetadas pelo Equifax EFX, + 0,36% de violação de dados. E alguns desses milhões eram aposentados. A internet está cheia de conselhos hoje sobre o que os consumidores devem fazer agora. Mas há coisas que os aposentados devem fazer ou considerar para proteger sua identidade que são diferentes daqueles ainda não aposentados? "Sim, os aposentados precisam tomar medidas adicionais para proteger suas economias de vida", disse Elizabeth Loewy, advogada geral e vice-presidente sênior de relações da indústria da EverSafe, um serviço de proteção contra roubo de identidade. Compreensão global do seu crédito Outros concordam. "(A violação do Equifax) é uma indicação de que você é tão seguro quanto os lugares que mantêm sua informação pessoal com a segurança mais fraca", disse Steven Weisman, advogado, fundador do site de educação e scam alert, Scamicide e autor de "Identity Alerta de roubo ". "…

Como fazer a declaração de IR na condição de separado(a) ou viúvo(a)

Imagem
CONTRIBUINTE DIVORCIADO OU SEPARADO JUDICIALMENTE OU POR ESCRITURA PÚBLICA Como deve declarar o contribuinte divorciado ou separado judicialmente ou por escritura pública? Apresenta declaração na condição de solteiro, caso não estivesse casado ou vivendo em união estável Código de Processo Civil, incluído pela Lei nº 11.441, de 4 de janeiro de 2007, art. 3º. em 31/12/2016, podendo incluir dependente (nesse caso, devem ser somados os rendimentos recebidos pelo dependente) do qual detenha a guarda judicial ou deduzir pensão alimentícia paga em face das normas do direito de família, quando em cumprimento de decisão judicial, inclusive os alimentos provisionais, de acordo homologado judicialmente ou de escritura pública, a que se refere o art. 1.124-A da Lei nº 5.869, de 11 de janeiro de 1973 - Atenção: Para efeitos da aplicação da referida dedução, observe-se que: 1) as importâncias pagas relativas ao suprimento de alimentos, em face do Direito de Família, serão aquelas em dinheiro e s…

Como evitar cair na malha fina

Imagem
Para fazer a declaração com de forma assertiva, afim de evitar cair na malha-fina ou até receber multas, os rendimentos tributáveis devem ser informados corretamente, assim como os gastos que permitem a dedução (ex: gastos com educação, saúde, empregados domésticos, etc). Tudo isso é importante porque a receita realiza cruzamento de dados. Qualquer informação incorreta fará você cair nas garras do leão. Documentos para comprovar a renda A fonte pagadora, pessoa física ou jurídica, deve fornecer à pessoa física beneficiária, até o último dia útil do mês de fevereiro do ano subsequente àquele a que se referirem os rendimentos ou por ocasião da rescisão do contrato de trabalho, se esta ocorrer antes da referida data, documentos comprobatórios, em uma via, com indicação da natureza e do montante do pagamento, das deduções e do imposto retido no ano-calendário de 2016, conforme modelo oficial. No caso de retenção na fonte e não fornecimento do comprovante, o contribuinte deve comunicar o …